Óleo Mineral Premium Shell 4T 20W50

    Cód. Ref.
    202255

    Por: R$ 18,00ou X de

    Comprar

    Descrição

    Óleo Mineral Premium Shell 4T 20W50


    - A Shell é a maior fornecedora global de lubrificantes, com uma história de 70 anos de inovações. Nossos produtos são desenvolvidos para atender o requerimento das principais montadoras de veículos do mundo.


    - A parceria técnica da Shell com a Ducati, equipe campeã de MotoGP, assegura decisões inovadoras apoiadas por quem mais entende de motociclismo.


    - Para assegurar que cada moto ofereça o seu melhor desempenho, o Shell Advance desenvolveu uma linha completa de produtos para diferentes tipos de motos e de pilotagem.


    - Entre os mais diversos tipos de pilotagem, pistas e terrenos, os motores Off Road necessitam de um lubrificante com desempenho confiável sob uma variedade de condições. O Shell Advance AX5 é um óleo ideal para motos Off Road, graças ao elevado grau de confiabilidade de desempenho do óleo, que ajuda a proteger e a limpar o seu motor e prolongar a sua vida útil.


    O Óleo que melhora o desempenho da sua moto.


    Características principais do Shell Advance AX5:



    • Óleo Mineral Premium

    • Proteção contra o desgaste do trem de válvulas.

    • Remoção de borra e depósitos de sujeira no motor.

    • A fórmula especial mantém a viscosidade do óleo por mais tempo.

    • Grau de viscosidade disponível: SAE J 300; 20W-50.

    • Todas as formulações atendem às seguintes especificações: API SL e JASO MA.


    ATecnologia RCE* do Shell Advance ajuda a sua moto a oferecer o seu potencial máximo de desempenho e a responder ao mínimo toque.


    *RCE = Confiabilidade no desempenho do óleo, Controle e prazer em dirigir (na sigla em inglês, Reliability of oil-performance, Control, Enjoyable ride).


    O que é a viscosidade do óleo?


    Viscosidade é um critério importante de qualquer óleo lubrificante. É uma medida da espessura do fluido ou a resistência para fluir. Por exemplo, o mel é grosso e a água é fina, assim o mel tem uma viscosidade maior do que a água. A viscosidade do óleo precisa se adequar às temperaturas ambientes corretas. Se estiver muito grosso quando o motor estiver frio, ele não se movimentará pelo motor. E se ele se tornar muito fino quando o motor estiver quente, não dará a proteção certa para as partes do motor.


    A otimização da viscosidade ou espessura de um óleo ajuda a maximizar a eficiência energética, evitando o desgaste dos componentes.


    Os modificadores de viscosidade aumentam a viscosidade do seu óleo em temperaturas altas, mas têm pouco efeito sobre a viscosidade em temperaturas baixas. Estes permitem que o seu óleo flua adequadamente quando estiver frio e também permaneça suficientemente espesso para proteger os seus componentes de motores em temperaturas altas.


    A diferença entre óleo mineral e sintético?


    Existem dois tipos principais de óleo básico: o mineral e o totalmente sintético. Os lubrificantes para motores chamados de "semissintéticos" ou "de tecnologia sintética" contêm uma mistura destes dois tipos.


    Os óleos minerais básicos vêm do petróleo bruto, que é processado em uma refinaria para separar as frações com propriedades de lubrificação úteis e remover os componentes indesejáveis, tais como as ceras. Ao contrário de alguns fabricantes de lubrificantes para motores, a Shell produz os seus próprios óleos minerais básicos de primeira classe, selecionando o melhor petróleo bruto e empregando procedimentos rigorosos de controle de qualidade em todo o processo de produção.


    Os óleos básicos sintéticos fornecem um desempenho melhorado porque são confeccionados utilizando-se um processo químico mais caro do que o utilizado na produção do óleo mineral. Por causa disto, os óleos totalmente sintéticos, fluem mais facilmente a temperaturas de partida, quando ocorre o maior desgaste. Eles são mais resistentes ao calor e podem ser protegidos mais facilmente por aditivos antioxidantes (a oxidação é um processo degenerativo natural que ocorre no óleo ao longo do tempo). Além disso, eles são também menos voláteis do que os óleos minerais.


    Qual o significado das siglas nos óleos?


    SAE – Indica a característica de fluidez e de viscosidade de operação do lubrificante, seja a baixa ou altas temperaturas.


    ACEA ou API – Indica a classificação de desempenho do lubrificante. Esses órgãos se unem a outros importantes atores da indústria de lubrificantes para estabelecer métodos e critérios de teste para cada classificação de lubrificante. Vale citar que cada classificação é criada para atender as necessidades tecnológicas dos motores e por essa razão elas evoluem juntamente com essas tecnologias.


    ILSAC – Define junto com a API os níveis de desempenho do lubrificante, incluindo testes de economia de combustível, compatibilidade com os sistemas de emissões, compatibilidade com etanol e resistência contra oxidação em motores com turbo-compressores.


    JASO – Define a característica de fricção proporcionada pelo lubrificante nos sistemas de embreagem úmida de motocicletas com sistemas integrados (motor/transmissão).

    Especificações

    Fabricante - MotoGASGAS, Honda, Kawasaki, KTM, Suzuki, Yamaha
    Modelo - MotoCRF 150F, CRF 150R, CRF 230, CRF 250R, CRF 250X, CRF 450R, CRF 450X, EC 250 F Cami, EC 250F, EC 300 F, EXC F 250, EXC F 350, EXF F 450, klx 300, klx 450, klx 650, KXF 250, KXF 450, NX 400 FALCON, NXR 125 BROS, NXR 150 BROS, NXR 160 bros, RMZ 250, RMZ 450, SXF 250, SXF 350, SXF 450, TTR 125, TTR 230, WRF 250, WRF 400, WRF 426, WRF 450, XCF 250, XCF 350, XCF 450, XR 200, XR 250, XR 400, XR 650, XRE 300, XTZ 125, XTZ 250, YBR 125, YFZ 426, YZF 250, YZF 400, YZF 450

    Quem viu, viu também!

    Pergunte e veja opiniões de quem já comprou!

    Carrinho

    Seu carrinho ainda não tem nenhum produto.

    Itens: 0Total: R$ 0,00